Chocólatras, temos um recado para você!

Nabil Ghorayeb, Cardiologia

Publicado em 14/04/2022 - Atualizado em 26/05/2022



Imaginem só! Considerado o ALIMENTO DOS DEUSES na antiga e expressiva civilização Maia, um alimento cujos fãs são conhecidos como “chocólatras”... Sem discussões o chocolate é delicioso e é também um energético com efeitos emocionais positivos. Porém, fica uma pergunta, podemos consumi-lo sem culpa na Páscoa e, porque não, sempre? A Medicina moderna responde que sim, mas quanto ele é bom para o coração?
 

O chocolate na sua apresentação habitual, é o resultado da mixagem da fava do cacaueiro, que contém caroço e polpa branca. Na composição moderna do chocolate encontramos cacau, manteiga de cacau, leite, açúcar ou adoçantes para os chocolates dietéticos, carboidratos, minerais e a criatividade trouxe inúmeros outros alimentos que são acrescentados como as passas, amendoim, avelãs, amêndoas etc.

Vejam que maravilha... o cacau contém fenóis e flavonoides, os mesmos antioxidantes encontrados no vinho tinto que tanto chamou a atenção da Medicina.

Uma pesquisa da Universidade da Pensilvânia - EUA, concluiu que consumidores diários de 30 a 50g de chocolate com alta concentração de cacau (56 a 85%), conhecido como chocolate amargo/meio amargo, possuem baixos níveis de colesterol ruim (LDL), o causador das obstruções nas artérias principalmente do coração, provocando o infarto do miocárdio e nas artérias do cérebro, o AVC (derrame).

Outro benefício identificado foi o comportamento emocional das pessoas. O consumo do chocolate eleva os níveis da serotonina e da feniletilamina melhorando assim o ânimo e disposição geral. Na revista “The Journal of Neuroscience” foi publicado que a epicatequina, presente no cacau e, por extensão, no chocolate amargo, pode, quando associado aos EXERCÍCIOS FÍSICOS, estimular a memória e diminuir o declínio das funções cognitivas do envelhecimento.

Devemos ressaltar que o chocolate não é remédio e seus possíveis benefícios estão relacionados ao tipo do chocolate e quantidade consumida (dê preferência sempre pelo chocolate amargo com mais de 50% de cacau). Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde) podemos recomendar até 30g/dia, de chocolate amargo.

Imaginem que delícia ter esse ajudante no tratamento de muitas doenças cardiovasculares trazendo mais ânimo e disposição!

Feliz Páscoa!

Deixe um comentário

Comentários:

COPYRIGHT

© BrazilHealth

LINKS IMPORTANTES

Home

Heads

Vídeos e Artigos

Médicos e Outros Profissionais

Parceiros

Contato