Hipersônia

Dr. Alfredo Salim Helito, Clínica Médica

Publicado em 14/06/2021 - Atualizado em 03/08/2021



O que significa?

A duração “normal” do sono varia muito de pessoa para pessoa. Nas pessoas com necessidade maior de horas de sono do que a média não há sonolência diurna. Porém, certos pacientes queixam-se de sonolência excessiva durante o dia, mesmo tendo dormido até 12 horas por noite.

Relatam grande dificuldade para despertar pela manhã e também a ocorrência de cochilos de mais de 1 hora durante o dia, intencionais ou não, sentidos como não reparadores. Os cochilos não intencionais ocorrem em situações de estimulação e atividades baixas, por exemplo, em palestras, assistindo à televisão, lendo ou até dirigindo em estradas não-sinuosas. Esta condição e chamada hipersônia primária.

A hipersônia requer tratamento?

Sim, pois o sono prolongado e a dificuldade de despertar podem trazer prejuízos no cumprimento de obrigações matinais (no trabalho, por exemplo), e os episódios de sono involuntário durante o dia podem ser embaraçosos ou perigosos (se o paciente estiver dirigindo, por exemplo). Além disso, o baixo nível de alerta que se dá no combate ao sono diurno leva a uma redução da eficiência, da concentração e da memória.

A sonolência pode ser atribuída ao tédio ou à preguiça, perturbando as relações familiares ou sociais do indivíduo.

O médico avaliará a existência de hipersônia e prescreverá medicamentos para que o padrão e a duração do sono voltem à normalidade.

Fonte: Hipersônia | Dr Salim CRM-SP 43163

Deixe um comentário

Comentários:

COPYRIGHT

© BrazilHealth

LINKS IMPORTANTES

Home

Heads

Vídeos e Artigos

Médicos e Outros Profissionais

Parceiros

Contato