5 Dicas para uma ótima hidratação

Débora Vargas , Nutricionista

Publicado em 11/03/2022 - Atualizado em 26/05/2022



O verão está aí e traz com ele a necessidade de manter a atenção redobrada para a hidratação. No calor transpiramos mais e perdemos mais sais minerais, como sódio e potássio. Por isso, a importância da reposição de água mineral como reidratante oral aumenta. A nutricionista Débora Vargas, pós graduada em Ciências do Esporte e Nutrição, apontou algumas dicas simples que podem te ajudar na manutenção de um corpo hidratado e saudável. 

  • Tomar um copo de água logo ao acordar

O período de cerca de oito horas recomendadas de sono pode ser considerado longo para não consumirmos nenhum líquido. Por isso, antes de tudo, ao acordar, beba 1 copo de água. Desta forma você garante uma boa hidratação já no começo do dia, além de estimular o trato digestivo - que necessita de água para transportar proteínas e carboidratos. 

  • Consumir água e bebidas diuréticas na mesma quantidade

Café, chás e as mais regionais: o chimarrão, típico do sul do Brasil, e o tereré, marca do centro oeste e regiões de fronteira. As bebidas energéticas, que contém cafeína, são diuréticas, por isso deve-se manter atenção para o consumo em excesso. A nutricionista explica:

- O consumo exagerado de bebidas diuréticas proporciona uma perda muito grande de sais. E esses sais minerais regulam também a pressão arterial. Existe um limite máximo diário e esse limite é individual - comenta Débora.

Segundo a especialista, a mesma proporção que você toma da bebida diurética você deve tomar de água:

- Digamos que eu beba um litro de chimarrão - idealmente eu deveria beber um litro de água. Nada substitui a água - Explica.

  • Prestar atenção aos sinais de desidratação

O corpo nos avisa de diversas formas quando está desidratado: sede, suor, alterações na coloração e odor da urina, câimbra, dor de cabeça, tontura, fadiga e boca seca podem indicar que o consumo de água está abaixo do necessário. Por isso, não devemos esperá-los aparecerem:

- Muitas vezes quando eu sinto sede eu já estou desidratado. Porque não existe um mecanismo fisiológico que acuse a falta de água - comenta a nutricionista.

Débora reforça que a água é considerada um alimento necessário e deve entrar junto com a ingestão de todos os outros nutrientes: carboidratos, vitaminas, proteínas, minerais e água. 

- A água faz parte da roda dos alimentos e faz parte de uma alimentação saudável. Portanto, não pode faltar. Assim como eu tomo leite, como frutas, como vegetais eu devo beber água para não ter a desidratação - alerta a nutricionista.

  • Consumir constantemente ao longo do dia

É necessário que o consumo de água seja em diversos momentos do dia. A hidratação deve ocorrer de forma fracionada:

- Em vários momentos do dia, forneça água e nutrição ao corpo - Recomenda Débora. Desta forma, equilibramos o funcionamento do organismo e impedimos a desidratação.

  • Estimular a vontade com a temperatura ideal

Tomar água não fica difícil quando se tem vontade, certo? Por isso, a última dica é exatamente sobre isso: invista na vontade. Para isso, use uma garrafa ou jarra térmica de qualidade, que mantenha a bebida na temperatura ideal durante um maior período de tempo. Como isso ajuda? A especialista explica:

- No verão opte pela temperatura fria e armazene a água em alguma térmica que a mantenha na temperatura ideal. Assim como no inverno gostamos de tomar um café quentinho, a água gelada no verão é mais satisfatória, ‘apetece’ mais - comenta Débora.

 

Deixe um comentário

Comentários:

COPYRIGHT

© BrazilHealth

LINKS IMPORTANTES

Home

Heads

Vídeos e Artigos

Médicos e Outros Profissionais

Parceiros

Contato