Como fazer escolhas Inteligentes

Dra. Mirtes Stancanelli, Nutrio

Publicado em 14/02/2023 - Atualizado em 22/04/2024



Os alimentos que você escolhe no dia a dia podem ter um impacto não apenas no seu peso e na saúde do coração, mas também no seu humor e agilidade mental.

Responsável por manter tudo funcionando, o cérebro é o órgão mais importante e complexo do nosso corpo. Mesmo assim, ele é vítima de males que o deterioram lentamente com o passar do tempo.

Nos últimos anos a ciência tem mostrado cada vez mais a importância de alguns alimentos para a saúde e bem-estar mental. Confira alguns deles:

  • A gordura proveniente do abacate, azeite de oliva extravirgem, das nozes e castanhas são extremamente benéficas para manter e regenerar a integridade das células neurais.

  • Os legumes e verduras de cor verde-escuro são ótimos aliados na promoção da saúde do cérebro. Eles são ricos em vitamina K, luteína, folato e carotenoides que ajudam a diminuir o declínio cognitivo.

  • Peixes como o salmão, o arenque, o atum e a sardinha são fontes de ômega 3 e seu consumo foi associado a uma diminuição dos níveis sanguíneos de beta-amiloide, proteína envolvida no desenvolvimento da doença de Alzheimer.

  • Frutas Vermelhas e Roxas são ricas em flavonóides, nutrientes com ação antioxidante, cujo consumo está relacionado a preservação da memória.

  • Carnes magras, grãos integrais e os feijões são ricos em vitaminas do complexo B, importante para as sinapses (mecanismo que um neurônio usa para passar uma informação a outro). Os alimentos ricos em vitaminas do complexo B são excelentes para regular esse processo de transmissão da informação.

Por falar em sinapses, ao contrário das vitaminas do complexo B, o excesso de açúcar refinado e gordura saturada dos alimentos podem atrapalhar essa conexão das células. Além disso, estão associadas a uma maior inflamação do cérebro e declínio cognitivo.

Fique atento aos rótulos dos produtos que já estão sinalizando quando há excesso desses nutrientes, invista nos alimentos apontados acima e vida longa a saúde cerebral.

Deixe um Comentário

Comentários: