logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Os alimentos aliados e inimigos da saúde dos ossos
Os alimentos aliados e inimigos da saúde dos ossos

Dra. Dai Cavalcanti, Nutrição
Publicado em 18/10/2017 - Atualizado em 21/01/2019



 

Muitas pessoas acreditam que para uma boa saúde óssea basta consumir alimentos ricos em cálcio, mas existem outros fatores que influenciam uma boa saúde óssea como alguns fatores metabólicos, nutrientes e anti-nutrientes que estão envolvidos na melhor absorção, na fixação e na perda do cálcio. Entre os principais envolvido na absorção e fixação do cálcio no osso estão o magnésio, vitamina D e vitamina K.

       

Primeiramente deve-se pensar num intestino saudável, pois é no intestino delgado que o cálcio é absorvido. Portanto, uma flora equilibrada é essencial, probiótico e prebiótico  devem  estar presentes na dieta. Probióticos são encontrados em alguns tipos específicos de iogurte, coalhada caseira e kefir e em alguns casos suplementados. Já o consumo de chicória, cebola , alho, biomassa de banana verde, missô, inulina – são fontes importantes de  prebióticos. A intenção é manter um ph intestinal que favoreça a absorção do cálcio.

          

Alguns alimentos EM EXCESSO podem ter impacto negativo sobre os ossos dificultando a sua absorção ou estimulando a perda deste mineral, o sal (cloreto de sódio) - elimina cálcio através da urina, as bebidas à base de cafeína – que se associado a baixo consumo de cálcio podem ter problemas, bebidas gaseificadas artificialmente, fitatos (presente no trigo cru, por exemplo) quando em excesso podem atrapalhar a absorção de cálcio e até influenciar na perda do cálcio ósseo. Já excesso de açúcar refinado, farinha branca, aspartame, excesso de proteína animail, antibióticos, queijos processados podem acidificar o ph sanguíneo prejudicando ainda mais a saúde óssea, principalmente em pessoas que já tem diagnóstico para osteoporose.

Para equilibrar este estado já que dificilmente se consegue evitar todos estes alimentos, deve-se procurar aumentar o consumo dos alimentos aliados aos ossos, que ajudando na absorção e fixação deste mineral e no equilíbrio do ph sanguíneo: vegetais, frutas e verduras. Já como fonte de cálcio, o leite mesmo sendo um dos alimentos de maior biodisponibilidade deve ser consumido com cautela, uma vez que qdo em excesso pode contribuir para acidificar o ph sanguíneo, por isso outras fontes de cálcio com boa disponibilidade do mineral devem ser incluídas: vegetais de folha verde escura, feijões, brócolis, couve, nozes, tofu, linhaça.

Deixe um comentário
Foto
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...

O PSA após a cirurgia ou a Radioterapia - Dr. Fernando Maluf
Você sabe qual é o valor do PSA que indica a volta do tumor após a cirurgia? Será que o PSA associad...

O que é Medicina Integrativa? - Editorial
Na contramão da medicina tradicional e ortodoxa, terapias alternativas estão ganhando cada vez mais ...

11 alimentos que reduzem o colesterol - Harvard Medical School
Recentemente cardiologistas brasileiros estabeleceram valores mais rígidos de colesterol ruim. Conhe...


Relacionados
10 Hábitos Prejudiciais ao Coração - Dr. Otávio Celso Eluf Gebara
As doenças cardiovasculares ocupam o primeiro lugar no ranking das principais causas de óbitos no Br...

Ausência de dor nem sempre é sinal de saúde - Dr. Mauro Teixeira
Algumas doenças como a cárie e a doença periodontal podem se instalar e evoluir de maneira silencios...

Desnutrição Hospitalar - Dr. Dan Linetzky Waitzberg
Estudo aponta o impacto da desnutrição clínica nos pacientes internados e em home care. Apesar da gr...

Carcinoma Espinocelular - O mais grave? - Dr. Luiz Guilherme Martins Castro
Já vimos que os carcinomas são o tipo mais comum dos cânceres de pele. Hoje falaremos sobre o carcin...

BrazilHealth