logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Congelamento de Óvulos - Perguntas mais comuns
Congelamento de Óvulos - Perguntas mais comuns

Prof. Dr. Carlos Alberto Petta, Ginecologia e Obstetrícia
Publicado em 27/06/2017 - Atualizado em 22/09/2018



1. Porque congelar óvulos?

Com o passar dos anos a reserva ovariana (quantidade de óvulos) da mulher diminui. Além disso a mulher ovula os melhores óvulos mais cedo na vida. A consequencia disso é que a chance de uma mulher engravidar diminui gradativamente a partir dos 35 anos, o risco de aborto aumenta e mais tarde aumenta o risco de problemas geneticos com o bêbe. Congelando óvulos a mulher pode preservar suas chances de gestação iguais as que tinha na idade do congelamento, mesmo que use esses óvulos vários anos mais tarde.

2. Quando realizar o congelamento?

Quanto mais cedo melhor, pois maior é a quantidade de óvulos e maior a qualidade deles. Se possível o ideal é congelar antes dos 35 anos. O recomendado é para mulheres que não tenham perspectiva próxima de uma gravidez e desejam manter suas chances de gestação ao longo dos anos.

3. Como isso é feito?

O tratamento consiste em estimular uma maior produção de óvulos através de injeções de estimulantes de ovulação. Estas injeções duram de 10-12 dias. Depois disso os óvulos são retirados por ultrassom vaginal. O procedimento dura 10-15 minutos e é feito com sedação. Os óvulos são então congelados e ficam guardados pelo tempo que for preciso.

4. Gasto mais meus óvulos fazendo isso?

Não, só conseguimos retirar os óvulos que estão disponíveis naquele ciclo menstrual, a mulher perde aqueles de todo jeito naquele mês. Também não temos como evitar essa perda, mesmo mulheres que usam pílula e não ovulam todo mês alguns óvulos são perdidos.

5. É um procedimento só para quem tem cancer?

Não, é bastante indicado para mulheres que farão quimioterapia porque esta pode destruir grande parte dos óvulos, com isso guardamos estes óvulos antes do efeito da quimio. Também é indicado para mulheres que tenham doenças que podem comprometer essa reserva ovariana como endometriose e pessoas com menopausa precoce na familia. Hoje é comum para mulheres que precisem postergar sua gravidez por alguns anos por motivo de trabalho ou outros motivos pessoais.

6. Quanto tempo os óvulos podem ficar congelados?

Não existe um prazo de validade, com as técnicas modernas os óvulos podem ficar congelados por tempo indeterminada. As chances de gravidez são parecidas com as chances de óvulos frescos.

7. Ter óvulos congelados me garante que terei um filho no futuro?

Não, dá as mesmas chances de gravidez que a mulher tinha na época do congelamento fazendo uma fertilização in vitro. Por exemplo mulheres até 35 anos tem uma chance em nosso serviço de 60% de engravidar por tentativa. Por outro lado as chances de uma mulher de 40 anos é de 25-30%.

Deixe um comentário
Foto
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...

Diferença entre limpar e umidificar o nariz. - Dr. Paulo Mendes Jr
Você sabe a diferença entre limpar, umidificar e aliviar o nariz? Especialista explica qual o melhor...

O que é Medicina Integrativa? - Editorial
Na contramão da medicina tradicional e ortodoxa, terapias alternativas estão ganhando cada vez mais ...

O PSA após a cirurgia ou a Radioterapia - Dr. Fernando Maluf
Você sabe qual é o valor do PSA que indica a volta do tumor após a cirurgia? Será que o PSA associad...


Relacionados
Herpes - Sintomas, Tratamentos e Transmissão - Redação
O herpes genital é uma DST que se pega através do contato íntimo. É mais comum em adolescentes e adu...

Quando sua Tireoide vai Mal - Dr. Filippo Pedrinola
A fadiga faz com que você se arraste no dia a dia?

Higiene Bucal: da "maternidade" à terceira idade - Dr. Mauro Teixeira
Uma boa higiene bucal traz inúmeros benefícios a saúde e pode ser iniciada à partir do 3 mês de vida...

10 Dicas Prevenir Dores Articulação da Mandíbula - Profa. Dra Ângela Alves de Aguiar Goto
Conheças 10 dicas para prevenir dores faciais e na articulação da mandíbula.

BrazilHealth