logo

BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Lentes de contato no verão
Lentes de contato no verão

Dra. Cleusa Coral Ghanem, Oftalmologia
Publicado em 08/01/2018 - Atualizado em 08/01/2018


Como sabemos, verão no Brasil é sinônimo de viagens e muito sol. Mas quem usa lentes de contato precisa redobrar a atenção nessa época. 

Pensando nisso, convidamos a Dra. Cleusa Coral Ghanem para falar sobre os cuidados especiais com as lentes de contato no verão e o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, que listou algumas dicas sobre o assunto. 

1. Pode-se usar lentes de contato na praia?

Quem necessita de correção óptica, deve optar por lentes de contato com proteção UVA e UVB que bloqueiam quase todos os raios solares. É necessário proteger os olhos para evitar queimadura da córnea (fotoceratite), pterígio, catarata e degeneração macular relacionada à idade. Lembrar ainda que o efeito dos raios solares nos olhos é cumulativo e, portanto, além de lentes de contato com filtro UV, é recomendado também o uso de óculos solar com filtro UV acompanhado de um chapéu. Como as lentes de contato desidratam em qualquer ambiente seco, deve-se usar lubrificantes para mantê-las úmidas e confortáveis enquanto estiver na praia.

2. É possível usar lentes de contato no mar ou na piscina?

a) No mar limpo o risco de contaminação é quase inexistente, mas a água salgada solta a lente gelatinosa, por isso, ao mergulhar deve-se manter os olhos fechados. É recomendável evitar o uso de lentes de contato em lagos e oceanos após enxurradas, porque podem conter produtos químicos e até água de esgoto.
b) Em piscina pode-se usar lentes, apesar de não ser recomendável porque, na água parada que não seja rigorosamente tratada, proliferam bactérias que quando aderem às lentes eventualmente podem causar graves úlceras de córnea. Além disso, quando a água contém excesso de cloro, pode haver alteração na cor da lente e o cloro pode aderir à ela, aumentando a irritação ocular. Se usar lentes na piscina, deve-se colocar óculos de proteção e usar bastante lubrificante antes de remove-las para não traumatizar a córnea. As lentes devem ser bem limpas e desinfetadas antes do reuso. Lentes de descarte diário são as mais recomendadas para essa situação.

3. É arriscado tomar banho usando lentes de contato?

É mais seguro remove-las antes do banho quando for lavar a cabeça, pois existe o risco de entrar nos olhos substâncias químicas ou outros contaminantes, que poderão aderir às lentes e causar forte irritação ocular.

4. Lentes de contato podem ser usadas para a prática de esportes ao céu aberto?

Lentes de contato dão mais segurança e conforto durante a prática de esportes, pois não embaçam e nem deslocam com facilidade além de proporcionar melhor acuidade visual e melhor campo de visão periférica. Para a praia ou para esportes na neve, as lentes com filtro UV são as preferidas. Lentes de contato rígidas também tem filtro UV. Quem usa lentes pequenas (corneanas) pode substituí-las por lentes esclerais, que são grandes como as gelatinosas, muito confortáveis e não deslocam.

5. Quando e como fazer a limpeza das lentes de contato?

A manutenção das lentes deve ser realizada sempre que removidas dos olhos. Os princípios básicos são: lavar bem as mãos com sabonete neutro; após banhar a lente com solução multipropósito ou solução recomendada pelo oftalmologista, colocá-la na palma da mão e fazer a limpeza com fricção leve; guardar em estojo limpo com solução multipropósito, trocada diariamente, e lá deixar por, pelo menos, 4 horas. Os usuários que não conseguem manter a rotina da limpeza, desinfecção e descarte no tempo recomendado devem usar lentes de contato de descarte diário.

6. Pode-se usar lentes de contato em viagens de avião?

Sim, desde que não causem desconforto por ressecamento. De modo geral, recomenda-se remove-las em viagens mais longas que 4 horas ou usar lubrificantes. Estes podem ser com preservativos (muito comuns no mercado) ou sem preservativos químicos, receitados pelo especialista quando o usuário precisa usar mais que 4 ou 5 vezes ao dia. Em qualquer ambiente com ar seco o conforto das lentes aumenta com o uso de lubrificantes e umidificadores de ambiente. Importante ressaltar que o material da lente de contato e a solução de manutenção podem interferir no ressecamento da lente.

7. Pode-se frequentar praia ou piscina com maquiagem e lentes de contato?

Sim! Mas as lentes devem ser colocadas antes de fazer a maquiagem, aplicar creme ou protetor solar no rosto. Lembrar que o protetor solar ou maquiagem podem derreter no sol e entrar nos olhos. Deve-se retirar as lentes primeiro e depois remover a maquiagem, porque os removedores (especialmente os oleosos), permanecem nos cílios e contaminam tanto as lentes quanto o filme lacrimal por horas, o que nubla as lentes e a visão. Uma boa dica é usar maquiagem que não seja à prova d`água, para que possa ser removida por removedores que não contem óleo.

Fonte: Dra. Cleusa Coral Ghanem, membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia.

BrazilHealth
Cuidados com a saúde ocular em cada fase da vida - Conselho Brasileiro de Oftalmologia
O Conselho Brasileiro de Oftalmologia fez uma lista de cuidados com a saúde ocular para cada fase da...

Férias escolares - hora de ir ao oftalmologista! - Dr. Galton Carvalho Vasconcelos
Você sabia que 20% das crianças em idade escolar apresentam distúrbios oftalmológicos? Por isso, apr...

Compartilhar maquiagem pode causar doenças? - Dra. Rosana Richtmann
A médica Rosana Richtmann, infectologista do Hospital Emílio Ribas, responde: “Os casos são raríssim...

Cuidados que ajudam na preservação da fertilidade - Dra. Melissa Cavagnoli
A higiene corporal, Inclusive a íntima, é fundamental para evitar problemas de saúde. No verão as al...

Mitos e Verdades sobre a Febre Amarela - Ministério da Saúde
Desde o início dos casos de Febre Amarela, muitas informações foram passadas sobre a doença, mas é i...

Fontes de cálcio aos intolerantes à lactose - Harvard Men's Health Watch
Quais são as melhores fontes de cálcio para pessoas que são intolerantes à lactose? Essa é uma pergu...

O Risco das Doenças Vasculares no Verão - Dr. Breno Caiafa
De acordo com estimativa da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV-RJ), as...

BrazilHealth