logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Clareamento: Tipos, Indicações e restrições
Clareamento: Tipos, Indicações e restrições

Dr. Sérgio Kignel, Odontologia
Publicado em 26/10/2017 - Atualizado em 22/05/2018



Na sociedade moderna a aparência é de suma importância e exige cada vez mais um novo padrão de beleza do sorriso e este traduz-se por dentes claros, bem contornados e corretamente alinhados. O clareamento dental é um dos tratamentos estéticos mais realizados nos consultórios dentários. A principal razão é o fato de fornecer facilidade e rapidez para alcançarmos dentes mais brancos e estéticos, aliado a isso é a modalidade de tratamento mais conservadora, por manter intactas as estruturas dentárias.

O dente é um elemento policromático e sua cor é estabelecida pelo esmalte que é translucido e pela dentina resultando em uma coloração amarelada. Diversos fatores podem causar o escurecimento dos dentes e assim o adequado diagnóstico e planejamento (que pode associar uma ou mais técnicas) é que  determina um melhor prognóstico.

Algumas manchas, como as causadas pelo uso da tetraciclina e fluorose, não tem bom prognóstico e devemos lembrar que as restaurações já existentes não clareiam. As que tem melhor resultado, felizmente a grande maioria, são causadas por consumo abusivo de chá, café, vinho, açaí, cigarro, bebidas e alimentos com corantes.

O que faz os dentes ficarem branquinhos são dois princípios ativos: o peróxido de carbamida e o peróxido de hidrogênio, que promovem o clareamento através da oxidação de compostos orgânicos, sendo que a aplicação pode ser caseira ou realizada em consultório.

Na primeira forma o paciente usa uma moldeira contendo o gel clareador em sua casa, sob supervisão do dentista. Esse método é mais econômico e menos agressivo para o paciente, porém os resultados demoram mais para aparecer.

O clareamento no consultório é realizado diretamente pelo dentista (podendo ou não incluir o laser) e apresenta resultados mais rápidos e custo mais elevado.

Existe também a possibilidade de aliar o caseiro e o profissional, apresenta maior vantagem e conforto para o paciente, trazendo resultados melhores e mais rápidos.

O clareamento dental pode causar um pouco de dor ou hipersensibilidade dentinária. Geralmente a suspensão do tratamento e o uso de pastas desenssibilizantes é suficiente. O contato com seu dentista sempre é recomendado.

Deixe um comentário
Foto
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
Diferença entre limpar e umidificar o nariz. - Dr. Paulo Mendes Jr
Você sabe a diferença entre limpar, umidificar e aliviar o nariz? Especialista explica qual o melhor...

Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...

Marcapasso Cardíaco - Dra. Denise Hachul
Os marcapassos ajudam as pessoas que possuem ritmo cardíaco lento ou irregular a levarem vidas norma...

O que é Medicina Integrativa? - Editorial
Na contramão da medicina tradicional e ortodoxa, terapias alternativas estão ganhando cada vez mais ...


Relacionados
Curiosidades e cuidados com a Língua - Dra. Daniela Teixeira
Você sabia que a língua é o músculo mais flexível do corpo humano e mede cerca de 10cm? Veja essas e...

As primeiras etapas do vício em nicotina - Universidade de Johns Hopkins
Uma pesquisa da Universidade de Johns Hopkins fala sobre as primeiras etapas do vício em nicotina. A...

Aprender brincando, é possível? - Dra. Denise Katz
Descubra quais atividades estimulam o desenvolvimento cognitivo dos pequenos. A pediatra Denise Katz...

O Risco das Doenças Vasculares no Verão - Dr. Breno Caiafa
De acordo com estimativa da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV-RJ), as...

BrazilHealth