logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Dicas de suplementação para a São Silvestre
Dicas de suplementação para a São Silvestre

Dr. Francisco Tostes, Endocrinologia
Publicado em 27/12/2017 - Atualizado em 19/09/2020



Para as provas de longa duração como as maratonas, recomenda-se um acompanhamento individualizado com um nutricionista para adequar a alimentação e suplementação, para um bom desempenho físico sem riscos à saúde.

Uma dica fundamental é não ingerir nenhum alimento que não esteja habituado, para não correr o risco de passar mal durante a prova.

-COMO SUPLEMENTAR PARA CORRER

Além dos carboidratos, das proteínas e gorduras, quem pratica a corrida de rua também precisa de ácidos graxos poli- insaturados ômega - 3 DHA e EPA, vitaminas e aminoácidos de rápida absorção e outros nutrientes relacionados diretamente com a proteção e o desempenho.

ANTES DA CORRIDA

Antes da corrida a palatinose (isomaltulose) é um suplemento muito interessante para os corredores. Ele possui baixo índice glicêmico devido ao processo de absorção lento, o que possibilita um fluxo constante de energia.

Comer só frutas não é o ideal. Adicione uma fibra para não aumentar rapidamente o índice glicêmico e uma dose de proteína (Whey Protein).

DURANTE A CORRIDA

Durante o treino, géis de carboidrato ou outras bebidas isotônicas são indicados com o propósito de repor energia de forma imediata, não sendo necessário esperar pela digestão de algum alimento para esse propósito. O ideal é consumir a cada 4O ou 45 minutos de prova, sempre com a presença de água. É importante beber água junto com o consumo de gel. Por ser concentrado, ele necessita de líquido para ser processado facilmente pelo organismo. Procure escolher um gel que tenha na sua composição vitaminas e C e E, pois são antioxidantes que oferecem defesa contra os estragos nos tecidos musculares pelos radicais livres, atuando contra o envelhecimento precoce.

DEPOIS DA CORRIDA

Depois da corrida consuma carboidratos de alto índice glicêmico juntamente com uma proteína. A ingestão de proteína após o exercício é recomendada também para reparo tecidual induzido pelo exercício.

A proteína do soro do leite (Whey Protein) ajuda na recuperação muscular.

O Bcaa (aminoácidos de cadeia ramificada) é um suplemento interessante no pós-treino, pois ajuda a evitar a fadiga muscular, reduz a inflamação muscular e evita que a reserva energética muscular de aminoácidos seja usada.

Boa prova!

Deixe um comentário
Foto

Repita os caracteres a seguir no campo de texto abaixo:
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
11 alimentos que reduzem o colesterol - Harvard Medical School
Recentemente cardiologistas brasileiros estabeleceram valores mais rígidos de colesterol ruim. Conhe...

Substituição da Válvula Mitral e Aórtica - Dr. Jose Armando Mangione
A cirurgia para a substituição da válvula aórtica é um procedimento que vem ganhando cada vez mais e...

O PSA após a cirurgia ou a Radioterapia - Dr. Fernando Maluf
Você sabe qual é o valor do PSA que indica a volta do tumor após a cirurgia? Será que o PSA associad...

Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...


Relacionados
A busca por um sorriso perfeito - Dr. Cláudio Pinho
Conheças as técnicas mais modernas para atingir um sorriso perfeito!

Compartilhar maquiagem pode causar doenças? - Dra. Rosana Richtmann
A médica Rosana Richtmann, infectologista do Hospital Emílio Ribas, responde: “Os casos são raríssim...

Carcinoma Espinocelular - O mais grave? - Dr. Luiz Guilherme Martins Castro
Já vimos que os carcinomas são o tipo mais comum dos cânceres de pele. Hoje falaremos sobre o carcin...

Pílula anticoncepcional faz mal? Conheça os riscos - Dr. Breno Caiafa e Dr. Marcos Arêas
Afinal, a pílula anticoncepcional faz mal? Os Drs. Breno Caiafa e Marcos Arêas explicam os possíveis...

BrazilHealth