logo
BrazilHealth
Fazer login
Home  >  Videos e artigos  >  Dia do Médico - 18 de Outubro
Dia do Médico - 18 de Outubro

Dr. Maurício Simões Abrão, Ginecologia e Obstetrícia
Publicado em 17/10/2017 - Atualizado em 20/09/2020



A multidisciplinaridade, o Brasil e a Medicina Moderna

Os avanços da medicina têm obrigado, a cada dia, que mais especialistas interajam para atingir seu objetivo maior: o sucesso terapêutico e o bem estar do(a) paciente.

Há 40 anos ou mais, quando um cirurgião oncológico se deparava com uma neoplasia maligna, ele dependia, muito menos do que se depende hoje, dos exames de imagem. Ele (e sua equipe) operavam a paciente e muitas vezes ele mesmo fazia a quimioterapia.

Com os avanços da medicina, este cenário mudou muito.

Atualmente, os exames de imagem definem os detalhes do tratamento, nas mais diversas áreas; a medicina nuclear é extremamente útil para o planejamento terapêutico e para o seguimento da doença; a cirurgia, mais conservadora, é mais precisa; o oncologista clínico passou a ser fundamental para o delineamento terapêutico, e vários avanços em áreas correlatas como nos campos da imunologia, genética, dentre outros, têm incorporado novos profissionais e novas tecnologias, melhorando a prevenção e aumentando muito as taxas de cura.

Este exemplo pode ser seguido em outras áreas, e um grande exemplo disso é o diagnóstico e o tratamento da endometriose. Na década de 80 pouco se falava deste problema. O abdômen era visto como uma caixa de surpresas, como dizia meu pai, oncologista do Hospital do Câncer.

Com os avanços da medicina, doenças como esta passaram a ser vistas de forma completamente diferente, com os vários avanços na área do diagnóstico por imagem, na cirurgia minimamente invasiva e avanços interessantes previstos em imunologia, genética, medicina reprodutiva, etc. E isto tudo dependente de uma abordagem multidisciplinar e de uma boa interação entre os vários profissionais, dentre os quais se incluem ginecologista, radiologista, cirurgião coloretal, urologista, dentre outros.

E o Brasil? Inegavelmente existe um abismo a ser corrigido entre a medicina privada de ponta e os serviços públicos em geral no nosso país. Mas claramente a qualidade potencial da medicina no nosso país é muito boa. Somos lideres em várias áreas e nossa melhor Medicina não deve nada aos melhores centros médicos de ponta em todo mundo. E a interação entre as várias especialidades ainda supera países de primeiro mundo. 

Os investimentos na área de saúde deveriam estar voltados para diminuir esse abismo, assim mais pessoas poderiam usufruir o conhecimento da medicina brasileira tão avançada e inovadora, aliados a estratégias que possibilitem o estímulo e a valorização dos médicos brasileiros .

Aos meus colegas, feliz dia do médico.

Dr. Mauricio S Abrao - Coordenador da Divisão de Saúde da Mulher do Hospital Bp - A Beneficiência Portuguesa de São Paulo

Professor Associado pelo Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da USP

Deixe um comentário
Foto

Repita os caracteres a seguir no campo de texto abaixo:
Comentários
BrazilHealth
Mais Lidos
11 alimentos que reduzem o colesterol - Harvard Medical School
Recentemente cardiologistas brasileiros estabeleceram valores mais rígidos de colesterol ruim. Conhe...

Substituição da Válvula Mitral e Aórtica - Dr. Jose Armando Mangione
A cirurgia para a substituição da válvula aórtica é um procedimento que vem ganhando cada vez mais e...

O PSA após a cirurgia ou a Radioterapia - Dr. Fernando Maluf
Você sabe qual é o valor do PSA que indica a volta do tumor após a cirurgia? Será que o PSA associad...

Corte no dedo: O que fazer? - Prof. Dr. Alvaro Cho
O corte no dedo é um dos principais acidentes domésticos do dia-a-dia. Os cortes ocorrem nas mais va...


Relacionados
Importância da nutrição para saúde dos fios. - Dra. Ana Carina Junqueira
Com o dia-dia, esquecemos dos nutrientes que fazem toda a diferença no nosso organismo e são eles qu...

Covid-19 e o atendimento ao paciente com câncer - Prof. Dr. Marcelo Luiz Bendhack
Desde o início da pandemia aproximadamente 50 mil brasileiros deixaram de ser diagnosticados com cân...

As Emoções e o Coração - Prof. Dr. Elias Knobel
Sabia que a raiva, o rancor e a hostilidade aumentam o risco cardiovascular? Por outro lado a felici...

Férias escolares - hora de ir ao oftalmologista! - Dr. Galton Carvalho Vasconcelos
Você sabia que 20% das crianças em idade escolar apresentam distúrbios oftalmológicos? Por isso, apr...

BrazilHealth